Os Musos do Quadrinho Nacional

Splash Pages

ATENÇÃO: Seguem-se cenas de fanservice e viadagem explícitas. Se você não gosta disso, não acesse esse post e, por favor, não comente. Obrigado.

Bem, a ideia para este post é que certa vez um blog de literatura fez uma lista dos musos da literatura contemporânea nacional. Então eu absorvi essa ideia e foi transmutada em quadrinhos. Simples assim. Os caras que foram escolhidos aqui passaram por uma junta que selecionou, crivou e avaliou centenas de quadrinistas. Os escolhidos, passaram pelo meu corte (hehehe) e estão aqui não apenas pela beleza, mas pela simpatia, postura profissional e principalmente por não ficarem se achando os tais. Dito isso, vamos à lista em ordem alfabética.

Ver o post original 835 mais palavras

Anúncios

As grandes contribuições de Emerson Abreu aos quadrinhos da Turma da Mônica.

Dentro da Chaminé

Ok, eu acredito que atualmente nenhuma obra brasileira direcionada para crianças é maior em influência e onipresença do que a Turma da Mônica. Acho que Sítio do Pica-Pau Amarelo chega bem perto, mas com a diferença de que eu acho que muitas pessoas conhecem os personagens, mas nunca leram os livros, enquanto eu questiono muito a existência de uma criança alfabetizada que nunca encostou em um gibi da Mônica.

turmadamonica

A maioria das pessoas cresce lendo Turma da Mônica, e depois que cresce, perde o hábito, mas no meu caso, eu não perdi o hábito e continuei comprando, desde os anos 90, até os dias atuais, e vi muita coisa mudar. Vi personagens surgirem, vi piadas internas surgirem, vi personagens secundários tomarem os holofotes, vi mudanças no traço serem feitas, vi histórias fantásticas que achei que nunca veria em um gibi da Mônica, vi um spin-off em “estilo-mangá” surgir…

Ver o post original 3.504 mais palavras